quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Barrocas: Médico e enfermeira promovem mutirão de pequenas cirurgias e população agradece "bela iniciativa"

Vinte pessoas entre Minação e Curralinho foram atendidas gratuitamente - Foto Arquivo Pessoal
A ação do médico Anthony Mota e da enfermeira Udmila Brito, que ganhou destaque na página Minação Notícias no Facebook, repercutiu positivamente primeiro entre os moradores dos povoados de Minação e Curralinho, em seguida através dos internautas que acessaram o post, foram dezenas de comentários elogiosos: "ainda há pessoas com o sentimento de amor e com vontade de contribuir com o bem estar de seu próximo" comentou um seguidor da publicação. Em um dos povoados, o atendimento passou da meia noite e adentrou a madrugada.

Segundo o médico responsável pelos procedimentos, é preciso fazer a diferença no ambiente de trabalho, ajudar o próximo, principalmente aqueles que dependem de serviços públicos: "O propósito é ajudar o povo, ficar bem comigo mesmo e ter a consciência que faço o que posso pra ajudar a população e fazer a diferença... Estudei, ralei, vivi muito tempo longe da família, pra conseguir me formar e me capacitar, pra justamente fazer o que faço hoje, ajudar aqueles que dependem do meu trabalho'', afirmou o doutor Anthony Mota.


"O propósito é ajudar o povo, ficar bem comigo mesmo e ter a consciência
que faço o que posso pra ajudar a população" afirmou o médico
Nem o pé fraturado, cansaço ou limitação do espaço, foram motivos de desânimo para o médico e a equipe, que foram além do que estava previsto para o trabalho voluntário daquele dia. Segundo Anthony, no povoado de Minação, na quinta-feira (7), foram realizadas 15 cirurgias e mais 3 atendimentos clínicos. 

Na quarta-feira (13), no povoado do Curralinho foram realizados 5 procedimentos e outros 2 atendimentos clínicos: "Só não fiz mais porque meu material só deu pra essa quantidade. E quando acabamos na Minação já era mais de 1h da manhã, porque só pude fazer depois do meu horário de trabalho" relatou. 

No primeiro dia, atendimento se estendeu até as 01:00h, com 15 procedimentos
Com voluntários dispostos, o médico coordenou a ação ao lado da esposa Udmila, enfermeira dos postos de saúde de Minação e Curralinho. Também participaram dos procedimentos, estagiários de Medicina, Ciro e Victor, além da recepcionista e a técnica de enfermagem da unidade de Minação, Jady e Tayna. Já no Povoado de Curralinho a técnica de enfermagem foi a Fabiana.

Foto: Reprodução
Para os procedimentos, o médico chegou a gastar do próprio bolso, e contou com alguns apoios: "Utilizei de recursos financeiros próprios, pedi o posto como local para realização dos procedimentos à coordenadora da Atenção Básica Manoela e as luvas e alguns Kits de cirurgia à coordenadora do Hospital Municipal Emile, as quais prontamente me forneceram."

@ Nossa Voz - Por Victor Santos / Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário