quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Apesar da crise, novos estabelecimentos comerciais são abertos em Barrocas.


Na tv, nos jornais, na internet, acredito que o assunto crise, seja o mais comentado, os problemas enfrentado por grandes empresas e as demissões em massa ganham destaque nos noticiários.

Em Barrocas também se comenta sobre a crise, o município de pouco mais de 15 mil habitantes, tem em suas terras em plena operação uma mineradora, mas além dos impactos ambientais, pagamento de impostos e alguns projetos em parceria com associações, em termos de emprego é pequena a influência da empresa na economia local, principalmente em se tratando da geração de empregos.

Por outro lado, os pequenos negócios seguem empregando e gerando renda, nos últimos meses cerca de 10 novos estabelecimentos comerciais começaram a funcionar só na cidade, mas nos povoados não é diferente, mercadinhos, distribuidoras de bebidas, lojas de frios, moto peças e salões de beleza, estão entre os ramos que ganharam novos empreendimentos.

O aumento na concorrência, leva à diminuição dos preços, que atualmente já são competitivos, é possível comprar em Barrocas itens com valores mais baixos que em nas cidades vizinhas.

“Fui em Serrinha ver os preços de um ventilador, voltei e comprei em Barrocas por 15 reais mais barato, acabou aquela coisa de loja grande ter preço melhor, aqui tem preço e se chorar melhorar ainda mais” comentou um barroquense que preferiu não ser citado. 

A expansão comercial se destaca na Praça da Matriz, mas também nos bairros, a maioria já conta com mercadinhos com preços convidativos e com variedade que atendem a necessidade dos clientes. Pelo jeito, em Barrocas os empreendedores estão dispostos a encarar a crise de frente.

@ Nossa Voz Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário