quarta-feira, 10 de abril de 2019

Barrocas: Prefeitura Municipal firma contrato com Santa Casa de Serrinha no valor de Um Milhão e Trezentos Mil reais.

Reprodução Diário Oficial - Clique para ampliar
Segundo publicação do Diário Oficial do Município, do dia 9 de abril, a assinatura do contrato aconteceu no dia 1º de março, com tem vigência entre os dias 1º de Março e 30 de Abril de 2019.  

Ainda de acordo com a publicação, a Santa Casa de Misericórdia de Serrinha, foi contratada pelo Município de Barrocas pelo valor de R$1.319.683,64 (um milhão, trezentos e dezenove mil, seiscentos e oitenta e três reais e sessenta e quatro centavos), a entidade filantrópica e sem fins lucrativos, prestará serviços de gerenciamento de pessoal de serviços temporários, para atender a demanda das secretárias municipais do município de Barrocas (ver detalhas na imagem acima).

Diante do valor do contrato, é possível que o período não seja de apenas dois meses como publicado pelo Diário, porém até o fechamento desta matéria, uma errata não foi publicada, corrigindo o possível erro. O pequeno município de Barrocas, tem pouco mais de 15 mil habitantes, segundo projeções do IBGE.

Mesmo que o contrato se refira ao período de um ano, o valor que supera um milhão e trezentos mil reais, chamou a atenção da população e repercutiu nas redes sociais.

Nos últimos dias a população tem reclamado que no Hospital Municipal faltam coisas básicas, como fraldas geriátricas e aparelho para um simples avaliação auricular: "Ontem fui no hospital, estava com dor de ouvido, chegando la não fui atendido porque não tinha o aparelho pra examinar o ouvido! Isso é uma vergonha" lamentou o operário barroquense que buscou atendimento na unidade na segunda-feira (08).

Nesta quarta-feira (10) uma acompanhante de um paciente que estava internado na unidade, procurou o JNV para relatar que ontem à noite não tinha fraldas geriátricas no Hospital: "Eu tinha porque levei de casa, e vendo a situação forneci para as pessoas que precisavam" informou a mulher que pediu para não ser identificada.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário