quarta-feira, 24 de abril de 2019

Padre Evandro se posiciona sobre Deputados baianos que votaram a favor da reforma da previdência: "Canalhas!"

Foto: Reprodução Redes Sociais
De Roma na Itália, o Padre Evandro Andrade, ex-pároco da Paróquia São João Batista em Barrocas, tem acompanhado as articulações em torno da proposta de reforma da previdência. Nesta quarta-feira (24), após tomar conhecimento do voto de Deputados Baianos na Comissão de Constituição e Justiça a favor da Reforma, o Padre criticou a postura dos parlamentares.

"Três deputados baianos votaram a favor da Reforma da Previdência na CCJ: Paulo Azi, Arthur Maia, João Roma. Depois enviam esmolas aos nossos municípios para se passar por bonzinhos. Canalhas! Não passarão! Estamos de olho neles e em seus apoiadores" escreveu o jovem padre em sua página numa rede social.

O JNV conseguiu contato com o religioso, e perguntou porque ele era contra a atual proposta de reforma, Evandro explicou: "Não sou contra uma reforma, sou contra a essa reforma. É evidente que qualquer país passe por necessidade de reformas. A realidade brasileira hoje já não é a mesma de quando a previdência social foi criada e isso poderia justificar uma necessidade de reforma. Porém a reforma proposta pelo atual governo é desonesta, cruel e seletiva. É desonesta porque não divulga a real situação da Previdência, não é clara quanto aos objetivos, não dá acesso aos estudos que a motivam. É cruel porque prejudica diretamente trabalhadores rurais, mulheres e àqueles que mais precisam da previdência, como os idosos pobres. É seletiva porque prejudica a vida dos mais pobres, mas continua beneficiando políticos e militares. Essa reforma é instrumento de morte para nosso povo sertanejo", argumentou Evandro Andrade que é natural de Euclides da Cunha.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário