sábado, 20 de abril de 2019

Encenação da Paixão de Cristo emocionou fiéis que lotaram a Praça da Matriz em Barrocas

O espetáculo durou cerca de 90 minutos - Fotos: Reprodução
Em um dia reflexivo na vida dos cristãos, o espetáculo da encenação da Paixão de Cristo, dirigido pelo ator barroquense Renildo Ramos, emocionou o público que lotou a Praça da Matriz, na noite da sexta-feira (19).

Realizado já há alguns anos no Município de Barrocas, sempre com apoio da Paróquia São João Batista e da Prefeitura Municipal, com exceção de Renildo que já tem vasta experiência, o espetáculo conta com atores e atrizes amadores. Todos são barroquenses que em poucos dias gravam as falas, decoram as cenas e no grande dia, encantam os expectadores que vão à Praça assistir ao resultado de muito trabalho e dedicação de todos, mas principalmente do conhecido Dango. É ele que cuida da montagem da estrutura, cenário, som, iluminação, e ainda dirige e atua no papel principal.

A Santa Ceia - Foto: Reprodução
Na plateia, crianças, adolescentes, adultos e idosos acompanham cada momento com bastante atenção. Durante a apresentação, lágrimas escorrem dos rostos vidrados, atentos nas performances dos atores e atrizes da terra. No palco eles seguem concentrados dando o seu melhor: "Para mim foi um prazer participar mais um ano do espetáculo, apesar de ser a mesma peça, tem seu diferencial porque é uma nova emoção a cada cena e o frio na barriga vem, por mais segurança que temos com o texto, no final sempre dá certo" afirmou Petronílio Bispo que faz parte do elenco há mais de 5 anos. Para ele, o espetáculo já é um patrimônio cultural do município e por isso precisa ser mantido durante os próximos anos. 

Petronillio Bispo, o primeiro à esquerda - Foto: Reprodução
Ao final, aplausos, muitos aplausos, reconhecimento merecido a todos que retratam momentos tristes da vida de Jesus Cristo, fazendo os fieis cristãos refletirem um pouco mais sobre a Semana Santa:"É uma honra fazer parte do elenco e contribuir para que ela aconteça. A gente percebe que valeu a pena no final quando recebemos os aplausos, porque ao estar no camarim não temos noção se o público está gostando ou não, porém com os aplausos essa certeza vem e é gratificante, percebemos que valeu a pena todo esforço", destacou Bispo, que atuou mais um ano como soldado Romano.

@ Nossa Voz - Da Redação
Por Rubenilson Nogueira / Colaborou Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário