quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Barrocas: Gráficos mostram avanço do vírus da Covid-19, e apresentam projeção preocupante para os próximos meses (veja)

Foto Rubenilson Nogueira
Tendo como base os números divulgados nos Boletins Epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde, os gráficos montados pelo Professor de Física, Alailton Santos, mostram o crescimento preocupante no número de casos da Covid-19 no pequeno município de Barrocas nos dois primeiros meses de 2021.
Total de casos por mês, de maio de 2020 até fevereiro de 2021
Procurado pelo JNV na quarta-feira (23), o professor demostrou preocupação quanto ao número de casos registrados em fevereiro e sobre a projeção para maio: "Os gráficos consideram apenas os casos divulgados nos boletins e mostram que estamos numa fase de crescimento exponencial de casos. O valor de R ao quadrado próximo de 1 no gráfico, indica que o modelo exponencial é uma boa aproximação. A projeção dos dados para os próximos meses mostra que poderemos ultrapassar o total de 1000 casos até maio, mês em que completamos um ano do primeiro caso notificado", alertou.
Total de casos desde a primeira confirmação - Reprodução Professor Alailton
"Outro dado que mostra o crescimento da COVID-19 em Barrocas é o total de casos confirmados até agora no mês de fevereiro de 2021, pois já é equivalente a todos os casos confirmados ano passado", destacou. Em todo o ano de 2020, o município registrou 189 casos positivos, agora, só em Fevereiro já são 183.
Observando a linha de tendência, é possível fazer projeções
Barrocas chegou ao total de 439 confirmações e registra número de casos ativos (107) superiores aos municípios vizinhos com maior número de habitantes (ver aqui). Todos os leitos disponíveis no Hospital Municipal já estão ocupados. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não foram recebidos resultados de exames na quarta-feira, mas foram feitas novas coletas, elevando o número de casos suspeitos para 52. 

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira
Gráficos: Professor Alailton Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário