quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Superintendência de Meio Ambiente inicia plantio de árvores no entorno da Igreja Matriz de Barrocas

Sirleide Damião acompanha o plantio - Fotos: Rubenilson Nogueira
Desde a manhã da segunda-feira dia 18, que a Prefeitura Municipal, através de Superintendência de Meio Ambiente, realiza o replantio de árvores entorno da Igreja Católica no centro de Barrocas. Há cerca de dois anos o serviço era aguardado pela população que na época lamentou o corte das árvores que davam sombra e deixavam a cidade mais bonita. O trabalho atual está sendo acompanhado pela superintendente Sirleide Damião.

Foi em novembro de 2019, que ocorreu o corte das diversas árvores que ficavam em volta da Igreja, na ocasião a ação autorizada pela prefeitura, gerou questionamentos por parte da população, que inicialmente ficou sem entender os motivos, mas logo, o então pároco da paróquia, Padre Everaldo Gois, explicou o porque dos cortes (ver aqui).

O replantio acontece quase dois anos depois dos cortes das árvores anteriores
Nesta semana, foram plantadas 16 mudas de felício, sendo 10 do lado direito e 06 do lado esquerdo da igreja. A escolha segundo a superintendente, foi discutida em conjunto com uma comissão da Igreja Católica. Sobre os cuidados de agora em diante, Sirleide disse que não ficou definido, mas que certamente caberá a prefeitura, que já molha o jardim, também cuidar das árvores recém plantadas. O felício (filicium decipiens), também conhecido como árvore-samambaia, ou filicio. É uma árvore dióica de origem asiática.

"Realizamos o plantio das árvores do lado direito e esquerdo da Igreja Matriz, uma vez que foi solicitado pelo padre da gestão anterior a derrubada das árvores que tinha, por ser uma árvore agressiva chamada ficus, onde estava danificado a  estrutura da Igreja. Sendo assim, para manter a beleza visual na cidade e sombra, foram plantadas 16 árvore conhecida como "Felício". Vale salientar que a espécie da  planta foi escolhida pelo Padre atual (Adelson), alguns membros da Igreja, e membros do conselho de meio ambiente", informou Sirleide.  

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário