quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Após chacina em Salvador, Governador proíbe festa de paredão em toda Bahia

Foto: Paula Froes/Govba
Nesta quarta-feira dia (13), em publicação nas redes sociais, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou, que não vai "permitir mais nenhuma festa de paredão na Bahia". O mandatário informou  que, para festas serem realizadas fechando ruas, as prefeituras municipais precisarão autorizar e além disso devem comunicar à Polícia Militar previamente.

"Não vamos permitir esses 'paredões' no meio das ruas. Se tem um evento que ela [a prefeitura] vai permitir fechamento de rua, som no meio da rua e aglomeração no meio da rua, tem que dar autorização formal e comunicar previamente a Polícia Militar para tomar providência. Fora isso, a partir de hoje que a polícia tome providência para não permitir a realização de nenhum 'paredão", afirmou o governador.

Decisão acontece um dia após uma chacina no bairro do Uruguai, em Salvador, onde um grupo armado atacou uma festa paredão e deixou 6 mortos 18 feridos.

Uma das vítimas fatais da chacina é Alexsandro dos Santos Seixas, de 16 anos. O jovem, morador do bairro, aproveitou que a mãe dormia e saiu escondido para a festa. “Eu estava dormindo, não sabia [que ele tinha saído de casa], ele foi embora, meu filho. Eu disse a ele: ‘não saia’, enquanto eu dormia ele saiu escondido. Eu deitei porque estava cansada do trabalho e acordei com a notícia. Ele fez 16 anos no dia 24 de setembro”, contou em entrevista à TV Record Itapoan.

@ Nossa Voz - Com informações do Bnews/Metro1

Sem comentários:

Enviar um comentário